Just in Time

Tudo o que é de verdade volta.

Posted on: junho 25, 2008

Enquanto eles atravessam todas as águas do mundo para te ver, eu vejo tudo da outra margem. A margem distante. Contorno da saudade. Limite do tempo, do corpo, das mãos. Olha amor, vê como eles mergulham fundo e vão mais longe pra te ver. Só trago comigo a certeza de que o tempo sempre muda, os ventos sempre transitam e um dia desses você vai ter que voltar. Vai cair em si e ver que a sua próxima terra firme já é um território meu. Mas até lá o amor já terá me dado tantos caldos que eu estarei te esperando, exausto, com o pé na beirinha d’água, jogando pedrinhas que nem ferem mais o mar.

Anúncios

1 Response to "Tudo o que é de verdade volta."

Lembrei de uma música: “a gente podia ser, mas o vento mudou a direção…”

Mas se o vento muda de direção, também pode fazer quem se foi voltar, não?

Boa sorte nessa espera!

Bjs!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: