Just in Time

I don’t love you anymore

Posted on: maio 31, 2008

Não me venha com as suas ironias. Quem perde alguma coisa foi porque mereceu. Quem tratou alguma coisa mal, deve ser tratado como tal. Mesmo eu não conseguindo desrespeitar o meu passado, o meu presente começa a pedir decisões a atitudes mais agressivas com aquele que sempre foi assim comigo.

Como eu sou feliz! Como meu futuro indeciso é mais confortável do que um futuro ditado. Eu sempre achei que não saber o que me reserva fim de semana que vem seria péssimo. Não é, é lindo. É um alivio poder respirar sem fronteiras sem se preocupar por quem ou pelo o que você será trocado. Seja por um telefonema, por um filme, um seriado, um amigo.

Eu aprendi que pessoas foram feitas para serem amadas. E que confusões fazem parte da vida. Só não vem se confundir para cima de mim. Eu não sou mais seu gato, tão menos o seu sapato. É. I don’t love you anymore (daquele jeito). 

Agora sai! Eu deixo você ir. Goodbye.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: