Just in Time

Archive for abril 4th, 2008

“São seus cabelos e seus olhos hoje
Que simplesmente me levam pra longe
E essa sensação de que eu estou me apaixonando mais
Me dá calafrios, mas é bom.
Todas as vezes em que eu sento e te olho fixamente
Como você, pensativa, passa os dedos pelos cabelos
Como você morde seus lábios, pisca os olhos, como brinca comigo, sentado ali, frouxo , sem nada a dizer
Porque eu amo ela com tudo o que eu sou
E a minha voz treme assim como minhas mãos
Porque ela é tudo o que eu vejo e ela é tudo o que eu preciso
E eu estou fora de minha liga outra vezÉ uma melodia quando ela chama meu nome em voz alta
Como se o mundo girasse em torno dela, ela ri, revira os olhos
E eu sinto como se estivesse caindo, mas não é uma surpresa
Porque eu amo ela com tudo o que eu sou
E a minha voz treme como minhas mãos
Porque é aterrorizante estar nadando em um mar desconhecido
Mas eu prefiro estar aqui do que na terra
SIM, ela é tudo o que eu vejo e ela eh tudo o que eu preciso
E eu estou fora de minha liga outra vez…”

– Ben Harper

Anúncios

“Relógios e flores
Todo o tipo de presente
Eu te dei todas as coisas
Mas eu te perdi

Você se parece com todo mundo
Eu investi demais
Sem por no seguro

Você se parece com todo mundo
Eu te amei demais
Eu sofri pra burro

Beijinhos e tapas
Todo tipo de carinho
Te mostrei vários amores
Mas eu te perdi

Ameaças, trapaças
To tipo de chantagem

Eu usei todos os truques
Mas eu me esqueci
Que todo mundo que ama
Exagera tudo
Mas depois disfarça e
Foge pelos fundos

Você se parece com todo mundo
Eu sonhei demais
Eu fiquei maluco
Eu fiquei maluco por você.”

Frejat